Josenilson F. Leite - Poeta de Garanhuns
Poemas da vida, palavras do coração
Textos
Criança na Chuva.

Criança na Chuva.
Por: Josenilson Leite – Poeta de Garanhuns.

Cada casinha com sua cor
Muitas... nem muro as separavam
Saudades do interior
Lembranças que me marcavam.

O sorriso das crianças
Desabrochavam como uma flor
Nas águas que como riacho corria
Nas chuvas que São Pedro mandou.

Era uma felicidade incrível
Quando as nuvens apareciam
Ficava olhando da janela
Pra ver se os pingos caiam.

E ao cair de cada pingo
Ficava olhando pro céu
Concentrado agradecia
Ao Criador fiel.

O cheiro de terra molhada
Pelas janelas entrava
Corria com os amigos
Me divertia e brincava.

Chutava água no outro
Da poça que ali estava
Com alegria e destreza
E nada nos preocupava.

Momentos de rara beleza
Obra da natureza
Que a mim presenteava
Criança na chuva, tão esperada
Correndo na chuva, que lhe molhava.

Criança na chuva, tão esperada
Correndo na chuva, que lhe molhava.

Criança na chuva, tão esperada
Correndo na chuva, que lhe molhava.

Criança na chuva, tão esperada
Correndo na chuva, que lhe molhava.

Criança na chuva, tão esperada
Correndo na chuva, que lhe molhava.
 
Josenilson Leite Poeta de Garanhuns
Enviado por Josenilson Leite Poeta de Garanhuns em 05/10/2019
Áudios Relacionados:
Criança na Chuva. - Josenilson Leite Poeta de Garanhuns
Comentários
VIDA EM VERSO E RIMA R$33,00 História de um Campeão R$3,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras