Josenilson F. Leite - Poeta de Garanhuns
Poemas da vida, palavras do coração
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


A última bolacha do pacote.
Por: Josenilson Leite - Poeta de Garanhuns.

     Eiiii!!!!
     Somos todos iguais, talvez uns e outros foram agraciados com um pouco mais de sorte na vida. Mas, nem por isso, temos o direito de desprezar ou humilhar alguém.
     Nós não somos super-homens, não somos imortais, somos irmãos. Um dia você está por cima, mas outro dia poderá estar por baixo também.      Somos todos iguais: sejamos ricos ou pobres, brancos ou negros, empregados ou patrões, somos todos seres humanos, somos muito frágeis.
     Chegará o dia em que prestaremos conta ao Pai, e tudo que você fez e faz, será passado a limpo. Somos meros mortais, podemos partir a qualquer hora, só Deus sabe o dia em que você irá prestar conta com ele.
     Então? O que você fez de bem? O que você fez de mal? Você prefere humilhar, pisar, esnobar, virar a cara para seu irmão, ganhar dinheiro e mais dinheiro, mesmo que seja de forma desonesta, enquanto milhares de irmãos morrem de fome, morrem nos hospitais e nas ruas, dormindo nas calçadas ou embaixo de pontes?
     Dessa vida, não levamos nada! Um dia, tudo o que temos, acabará. Não deixe a busca insaciável pela riqueza, o orgulho e a ganância enraizar-se no seu coração.
     Sejamos mais humanos, amigos, humildes e amorosos com nossos irmãos. Dessa maneira, estaremos contribuindo para um mundo melhor. Um mundo de paz, de amor, de harmonia e fraternidade, sem guerras e sem tantas maldades.
     Não era esse o mundo que sonhávamos quando crianças?  Então... Agora você cresceu e parece que esqueceu que sonhava viver em um mundo melhor. Mas ele está doente, não anda nada bem, a culpa é toda nossa!           São muitas guerras, muitos assaltos, homicídios, corrupção, crimes e mais crimes. Onde vamos parar desse jeito? 
     Um dia pagaremos todo o mal que estamos cometendo. Mudemos essas atitudes errôneas, individualistas, somos todos irmãos.
     Seu irmão precisa de você... O mundo precisa de que você mude, assim, todos seremos mais felizes. Se você se acha a última bolacha do pacote, sinto muito dizer, mas... Ela também acaba!
 
Josenilson Leite Poeta de Garanhuns
Enviado por Josenilson Leite Poeta de Garanhuns em 11/02/2017
Alterado em 01/03/2017

Música: Ja e hora - Ricardo Alexandre

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Josenilson Leite - Poeta de Garanhuns.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

VIDA EM VERSO E RIMA R$33,00 História de um Campeão R$3,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras