Josenilson F. Leite - Poeta de Garanhuns
Poemas da vida, palavras do coração
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


LÁ SE VAI MAIS UM DOS NORDESTINOS!

LÁ SE VAI MAIS UM DOS NORDESTINOS
DE CHINELO DE COURO, COM SEU CHAPÉU ACENA
DESPEDINDO-SE DA SUA FAMÍLIA
INDO LUTAR NA VIDA CONTRA O DESTINO.

O PRANTO DAQUELE PAI
DEIXAM RASTROS DE VIDA AONDE CAI
COM O SOL LATENTE VAI SE APAGANDO
SÓ OS FILHOS E A ESPOSA ESTÃO FICANDO.

É CHEGADA A HORA DE IR EMBORA
O PAU DE ARARA VAI FUMAÇANDO
FICA EM PAZ FAMÍLIA DO NORDESTINO
ONDE ELE ESTIVER, POR VOCÊS ESTARÁ LUTANDO.

O PAU DE ARARA SOME NO HORIZONTE
E A IMAGEM DAQUELE QUE SEM DESTINO VAI
O CORAÇÃO NÃO ACEITA E A DOR É GRANDE
MAS NÃO TEM OUTRA SAÍDA PARA AQUELE PAI.

DOS SEUS FILHOS E ESPOSA ESTÃO FICANDO
OS PRANTOS QUE ROLAM PELO CHÃO
DESCENDO A LADEIRA DE TERRA VERMELHA
VOLTANDO PRA CASA LÁ SE VÃO.

BEM AO LONGE JÁ É VISÍVEL
UMA CASINHA SOLITÁRIA E PEQUENA
COM JANELAS FECHADAS E BEM ESCURA
PARECIA NÃO SER REAL A CENA.

NEM OS CACHORROS, NEM AS GALINHAS
NEM OS PERUS, NEM OS PÁSSAROS
LATIAM, ANDAVAM
CORRIAM OU CANTAVAM
E NA COMIDA...
NEM SE QUER TOCARAM
PELO DONO DA CASA
AINDA ESPERAVAM.
Josenilson Leite Poeta de Garanhuns
Enviado por Josenilson Leite Poeta de Garanhuns em 07/08/2012
Alterado em 17/02/2017

Música: -

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

VIDA EM VERSO E RIMA R$33,00 História de um Campeão R$3,00
Site do Escritor criado por Recanto das Letras